27 de maio de 2012

Sentindo. Sentido.

"Bom dia, boa tarde, boa noite, minha linda!" Sinto falta disso. Das mensagens, que eu recebia todo dia, em todos os horários possíveis. Estive pensando em tanta coisa para escrever, mas creio que metade dos meus pensamentos não estará neste texto. Tenho certo problema, sabe, em escrever meus pensamentos. Até por que eles passam por mim, se vão. Mas isso não quer dizer que não penso mais, que não sinto mais. Sei lá, é complicado dizer. Engraçado é que sempre que vou dormir, esses pensamentos vem à tona. É como dizem: é de noite que tudo faz sentido. Ou melhor, acho que não faz sentido, pelo menos pra mim. Não faz sentido eu ficar pensando em você toda vez que vou dormir. Mas o que fazer? Não controlo meus pensamentos, eles vêm sozinhos. Hoje é esta a minha insônia. Viro e mexo, mudo de posição, levando e deito novamente, mas não durmo. Digo, demoro a dormir. Tento não pensar, mas é complicado. Passo horas e finalmente durmo, mas quando acordo, lá está o pensamento de novo. Eu não escolhi assim, não queria que fosse assim, mas como eu disse, não controlo pensamentos, muito menos sentimentos, esses os quais você não acreditou e não acredita. Eu queria não pensar, queria não sentir, mas de fato penso, de fato sinto. E de fato, vêm aquelas lembranças, doces lembranças. Seu rosto liso, que eu adorava tocar. Seu sorriso, meio bobo, mas que ainda hoje admiro. Das noites que deitávamos juntos, do vento que vinha do mar que tocava nossos rostos, daquele frio na barriga. Foi tão pouco tempo, mas que significou tanto pra mim. Eu nunca consegui entender por que as pessoas passam pouco tempo juntos. Sempre acreditei em algo duradouro, não para uma vida inteira, até por que acho um tanto demais. Mas um tempo, mais do que alguns meses. E mesmo que não estivéssemos juntos de verdade, acreditei que passaríamos mais tempo. Isso só acontece quando há sentimentos, e creio que fiquei sozinha neste quesito. Acho que só existia meu sentimento, que ainda hoje existe. O problema é que você deixou indícios de que voltaria. Sim, você deixou. E eu acreditei nisso. Mas em poucos dias, você foi embora, logo depois de ter deixado esses indícios. Como pode, hein?  Eu tive que questionar para descobrir os motivos, estes que ainda não me são convincentes. Como tudo na vida um dia passa, acredito que esse meu sentimento vá passar. Foi uma pena eu não poder aproveitá-lo, por que foi tudo tão recente e terminou de repente, que eu não pude nem senti-lo direito. Queria ter um coração como o seu, que faz logo o esquecimento. Deixa estar, vou aqui guardar as minhas lembranças, de algo que, mesmo pouco, me foi importante. Minhas palavras e meus sentimentos, mesmo que vivos, não irão mudar, então só me resta deixar passar. Se esperança já não cabe mais em mim, procurarei outro sentimento que caiba, que se aloje e que me deixe em paz.

7 comentários:

  1. Ser fiel a todos os sentimentos é um jeito honesto de encarar a vida.
    Lembranças sempre preferem aparecer a noite, quando baixamos a guarda. E nada precisa ser esquecido mesmo que o tempo resolva terminar as histórias.

    Tenho certeza que existirão novos sentimentos que aforarão fazer parte de você.

    ResponderExcluir
  2. Estou sendo fiel aos meus sentimentos e estou sofrendo por isso. Mas deixa estar, vai passar. É isso mesmo, amiga. Vai passar. Tem que passar. Não nascemos só para ficarmos tristes. É tudo uma questão de equilíbrio. Nem sempre ganhamos e nem sempre perdemos. Tentamos, porém, buscar a felicidade. E para conseguirmos, temos que passar por alguns perrengues. Eles também são necessários pois nos ensinam a continuar vivendo. A valorizar os momentos infinitamente bons.

    Texto forte...

    ResponderExcluir
  3. Sobre teu comentário lá no blog http://migre.me/criar-url/: Obrigada por isso, Inercya <3. Fico logo chorosa aqui com esse amor. Obrigada pela força. Não esqueço de você não, pode ficar tranquila. Fique até preocupada, haha.

    ResponderExcluir
  4. lindo texto, me sinto assim hoje!

    ResponderExcluir
  5. Ah menina, eu sei como é isso de acordar e dormir pensando numa mesma pessoa que não demonstra nada por a gente, às vezes acho até que são um pouco indiferente. Mas com o tempo a gente aprende, esquece e deixa as coisas seguirem. Fato!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. "Não faz sentido eu ficar pensando em você toda vez que vou dormir." - acho que é a minha vez de dizer que me identifico muito com o que você escreve...

    ResponderExcluir
  7. Ainda procuro essa paz. Asa rupturas sempre deixaram um espaço muito intenso de dor e medo nos meus dias - vivo tentando me recuperar.

    ResponderExcluir

Me incentive um pouco mais.