23 de janeiro de 2012

Imperativos.


Não preciso que me digam o que deve ser feito. Não me servem. Eu não gosto deles.

17 comentários:

  1. sou exatamente igual a tu menina..
    bjokas..

    linda semana pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de alguns, mas não preciso que me digam toda hora! :)

    ResponderExcluir
  3. Muitas vezes a gente não gosta, outras são necessários.
    Precisamos.
    Beijo (:

    ResponderExcluir
  4. Que saudades do seu blog! Nâo deveria ter sumido por tanto tempo! rs
    Imperativos fazem parte da nossa vida, mas alguns... Dá até prazer de executá-los! ;)

    ResponderExcluir
  5. Não gosto de uns, amo outros... Mas todos as vezes são necessários.

    ResponderExcluir
  6. às vezes, não é o sentimento e sim a necessidade que nos leva a usá-los '-'

    beijas, sua linda! ;*

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto deles. Me fazem lembrar que tudo foi feito para ser vivido, que o medo não deve ser maior que a nossa vontade e a partir do momento que decidimos o que queremos basicamente tudo é possível quando corremos atrás! :)

    Saudades dos seus posts, Laura.

    ResponderExcluir
  8. São necessários, porém, alguns chatos. rs

    ResponderExcluir
  9. Que saudades de vc e do seu blog, li os contos e continuo amando e sendo sua fão bjus ;*

    ResponderExcluir
  10. Pra mim, às vezes... Mas, não agora

    =*/

    ResponderExcluir
  11. As vezes são necessários mesmo que não sejam bons.
    Já tá participando do sorteio? Vai que será você a vencedora do sorteio?

    http://iasmincruz.blogspot.com/2012/02/super-sorteio.html

    ResponderExcluir
  12. Adorei!
    Muito legal!
    Saudades suas Laura!
    Beijos!!!

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Que legal - me dê o endereço que estou respondendo ao seu -Venha! rsrsrs

    ResponderExcluir

Me incentive um pouco mais.