28 de fevereiro de 2011

Cinema Casual - Parte II.

- Ei! – Mel olhou para trás e viu que era com ela. – Você ia esquecendo isso aqui. – E mostrou a carteira de estudante dela.
- Ah, nossa! Se eu perdesse isso, estava morta. Obrigada, mais uma vez.
- Que nada, não há de quê. Mas se eu não te alcançasse, eu teria teu número, aí poderia te ligar. –
- É mesmo, né? Mas nem foi preciso. Bem, vou indo, obrigada.
- A propósito, bonito nome. Tchau. – e se dirigiu à saída apressadamente, antes mesmo que Mel pudesse se mexer.

Mel gostou daquele contato com o rapaz bonito. Sentiu uma atração repentina por ele. Foi gentil com ela e aparentava ser muito simpático. Além disso, era um cinéfilo solitário, como ela.

Voltou para casa e ficou pensando naquela comunicação instantânea. Ela tinha o número dele, mas não sabia o seu nome. Ele também tinha o número dela, porém sabia seu nome. Sentiu uma necessidade de ter um contato a mais com aquele rapaz, pois parecia a ela que ele tinha muito o que oferecer com sua conversa. Por um breve momento, passou pela sua cabeça a ideia de telefonar para ele, mas desistiu da ideia.

Já à noite, preparada para dormir, Mel sentiu seu celular vibrar. Era uma mensagem, de um número não cadastrado em sua agenda:

“Oi, Melissa. Te conheci hoje a tarde, no cinema, se é que você lembra. Desculpa está te mandando essa sms, é que, sei lá, achei que agente poderia conversar, sei lá, sobre o filme. Ah, meu nome é ÁLVARO. Abraços.”

Ela levantou-se da cama e leu mais uma vez a mensagem. Procurou nas suas chamadas perdidas e o número da mensagem era o mesmo número do rapaz que lhe fez o pequeno favor no cinema. Ela achou engraçado o jeito de como ele escreveu a mensagem. Bastante cauteloso, para não errar nada. Parecia que tinha ensaiado o dia todo e que mandou com os olhos fechados, antes de se arrepender. Gostou da proposta e respondeu ao rapaz:

“Ah, oi. Esqueci algo e você encontrou? Brincadeira. Adorei a proposta. E a gente conversaria como, por sms, por telefone, ou pela Internet? A propósito, bonito nome. Abraços!”

Em instantes depois, Mel recebeu a resposta de Álvaro:

“Eu ia sugerir para conversarmos ao vivo, mas se quiseres conversar agora, posso ligar para o seu celular, já que o meu é ilimitado. Pode ser?”

Mel respondeu que sim e Álvaro ligou imediatamente. Ela que, antes de receber a mensagem, estava com sono, parecia estar muito desperta. Conversaram por quase duas horas, sobre cinema e outras coisas mais.

13 comentários:

  1. Aaah achei que ia continuar!!!!
    É incrível quando encontros assim acontecem! Imagino que maravilhoso que deve ser!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Awwwwm, que fofos! *-* Tô louca pra saber se eles se beijam logo. hahaha!

    Laaaaura, eu simplesmente A-M-E-I o novo visual do blog! Tá lindoooo! Awm, me apaixonei mais ainda. Como pode? Awm.

    Beijos, flor <3

    ResponderExcluir
  3. Ahaha, que fofinho!
    Início de uma amizade, pelo menos, num é mesmo?
    E, sim, não poderia deixar de comentar sobre o novo designer do blog, né minha flor? Está lindo, Laurinha! Ah, ficou tão feminino, tão mocinha... Antes o escuro do blog trazia a comunicação de coisas necessariamente sérias, era muito bom... tão bom quanto este. Adorei, flor.

    Ótima semana pra você e tudo de bom!

    Com amor,
    Cynthia *

    ResponderExcluir
  4. ÁLVARO, hum... "Bonito nome". (lendo nas entrelinhas)

    ResponderExcluir
  5. Álvaro *-* nome do meu irmão. tô amando a história muito fofa e tá lindo o blog, Laura :*

    ResponderExcluir
  6. Adorei o novo lay do bloG. Quando entrei aqui, tomei um susto, pois estava acostumada com o lay preto. Mas ficou muito show amiga!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  7. Por que não aparece alguém assim (não-psicopata) na minha vida? =]
    Adoreeei! Tô esperando a continuação também!
    beeijo

    ResponderExcluir
  8. Quero a terceira parte! Terceira parte! Terceira parte!!!! Ohhh, LauraLinda, bom fim de semana para você e um ótimo carnaval! Vai pro Galo? Estarei lá, beijos.

    Ah, minha nossa! Não poderia esquecer: O BLOG ESTÁ CADA VEZ MAAAAIS LINDO... AS BOLINHAS SÃO TÃO FOFINHAS *-* ameeeei.

    Agora sim... beijinhos, se cuida :)

    ResponderExcluir
  9. Ah que delícia... Quem dera todos os primeiros contatos fossem assim; tão fartos de encantos multiplos... Estou adorando os desenhos e sentimentos Laura.

    Você sabe me encantar.

    ResponderExcluir
  10. To aqui denovo! :D To adorando, só não vou comentar muito, pra ler logo o próximo! rsrs

    ResponderExcluir

Me incentive um pouco mais.