24 de fevereiro de 2011

Cinema Casual - Parte I.

- Boa tarde.
- Boa tarde, eu queria um ingresso para Noites Estreladas.
- Inteira ou meia?
- Uma meia, por favor.
- Pode me mostrar a carteira de estudante.
- Ah, desculpa. Tá aqui.
- Obrigada. Ta aqui seu ingresso. Tenha um bom filme!
- Obrigada você também.

Mel adorava ir ao cinema sozinha. Não era por falta de companhias, pois seus amigos sempre a chamavam, mas ela quase nunca aceitava. Ela não gostava muito das conversinhas antes, durante e depois do filme. Preferia se ‘preparar’ sozinha, absorver o filme e entendê-lo por suas conclusões.

Chegou na sala 8, a indicada no ingresso. A sala não era muito grande e já tinha bastante gente ocupando os lugares. Por sua sorte, os melhores lugares não estavam ocupados, restavam alguns solitários lugares, entre grupos de amigos. Como ela estava só, podia escolher qualquer um daqueles lugares.

Sentou-se ao lado de um rapaz que aparentava estar na mesma situação que ela. Ele tem um rosto bonito, constatou Mel. Acomodou-se em seu lugar, tirou seus sapatos e escorou seus pés na poltrona da frente, que não havia ninguém. As luzes se apagaram e os trailers e propagandas começaram a passar na tela. Mel se lembrou que havia se esquecido de colocar seu celular no silencioso e se pôs a procurar em sua bolsa. Apesar de a tela iluminar um pouco a sala, ela não conseguiu achar o celular. Imaginou que na melhor parte do filme, seu celular ia tocar. Isso não poderia acontecer, pois passaria a maior vergonha. Resolveu falar com o rapaz ao lado.

- Ei, oi! Não estou encontrando meu celular e queria colocá-lo no silencioso. Na verdade, nem sei se está aqui. Mas será que você poderia ligar para ele, para eu ter uma certeza?
- Ah, claro. Me diz o número.

Mel deu o seu número e em instantes seu celular começou a tocar baixinho e vibrar. O toque foi aumentando e logo ela achou o aparelho. Agradeceu envergonhada ao rapaz e o colocou no silencioso. Os trailers haviam terminado e o filme estava para começar. Mel guardou o celular num bolso estratégico da bolsa e voltou sua atenção para tela.

O filme terminou e Mel gostou do que viu. Era além do que ela esperava. Gostou muito das atuações, do tema romântico e dos cenários. Antes mesmo dos créditos começarem a passar, ela se levantou apressada. O rapaz, que estava sentado ao lado dela, viu que ela estava indo embora, se levantou e correu atrás dela.


Acabei me empolgando escrevendo a história, então decidi
dividí-la por partes. Espero que gostem do primeiro. :)


24 comentários:

  1. Que maluquinha! Haha, adorei! Bem excêntrica ela.

    Quero mais :3 hehe.

    Beijos, Laura!

    ResponderExcluir
  2. se ele fosse mais esperto, ele ligava ;)
    hi hi

    quero mais [2]

    beijas, La. :*
    s2

    ResponderExcluir
  3. Oi, adorei teu blog!
    To seguindo aqui,
    visita o meu e se gostar siga!
    beijo.

    http://livreelouca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Agora eu quero ler a continuação! >.<
    Não demora tá Laura?!! *-*
    beijos

    ResponderExcluir
  5. AAAAAH, mais uma série! *o*
    Ówn, adorei! :D To curiosa...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Obaaa, adoro suas histórias com mais de um post.
    E que fofo, ele foi atrás dela. ^^ Sim né, depois dela ter dado o número do celular pra ele. :P
    Adorei (:
    Ansiosa pelas outras partes \Õ/

    ResponderExcluir
  7. Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos periodos mais marcantes da vida.
    Mais o que o adolescente pensa disso?

    Visita meu blog?

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Se gostar segue lá, ficarei feliz.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. correu atrás dela?
    Ai ai e depois ><'

    posta logo '-'

    ResponderExcluir
  9. Pelo jeito essa estória vai ter muitos capítulos... já gostei do capítulo um ;)

    ResponderExcluir
  10. O que será que vai acontecer entre os dois?

    tô curiosa.

    ResponderExcluir
  11. Ai, que bonitinho.
    Segura a moça, moço. Hihi...
    Será que eu imagino o final dessa história?
    =)

    ResponderExcluir
  12. Ela deixou o número.. rs
    Ah tô curiosa *--*

    ps: obrigada pelo comentário lá no blog, fiquei emocionada!

    ResponderExcluir
  13. tem um selinho pra vç no meu blog, é só procurar na pagina de selos ta.
    não esqueçe de ir lá buscar.
    espero que goste.

    um bjãOOO

    ResponderExcluir
  14. vim dizer que adorei a nova roupa do blog *--*

    beijas, La. :*
    <3

    ResponderExcluir
  15. como um cienma pode gerar um encontro tao positivo?
    ansiosa para a segunda parte .

    ResponderExcluir
  16. Ahhh adorei! Posta logo a 2 parte ;D

    ResponderExcluir
  17. Fiquei curiosa RS não demora pra postar o resto pls

    ResponderExcluir
  18. Ah...... contos !???
    Que legal, Laura, vou ler a próxima parte agora mesmo (sim, eu estou atrasada) :x

    Beijinhos *

    ResponderExcluir
  19. Laura, certamente eu voltarei para comentar mais esse conto especial seu!!
    Por agora, eu estou passando um pouco atrasado, mas ansioso por parabenizá-la pelo dia da mulher internacional que você é. Não me equivoquei na ordem das palavras. A você, o meu carinhoso abraço. Todos os dias do ano são seus, não apenas este.
    Um abraço carinhoso!
    Lello

    ResponderExcluir
  20. Gostei do Primeiro Capítulo, estou indo para o próximo e cheia de fantasias sobre o desenrolar do conto.

    Beijos Laura.

    ResponderExcluir

Me incentive um pouco mais.