16 de dezembro de 2010

Caixa preta ou Universo.


A ideia de infinito às vezes me deixa maluca. Mas é verdade que eu nunca poderia afirmar ao meu racionalismo lógico que o universo é finito. Nunca mesmo. Geralmente penso no universo, na galáxia que vivemos, por exemplo, como uma caixinha preta. Está lá a Terra, o Sol, os outros planetas e etc. Mas não é só a isso que se resume o universo. Essa caixa preta, por exemplo, está em um grande quarto, com várias caixas pretas semelhantes. Ou seja, o ponto em que quero chegar é que existem coisas muito mais além do que imaginamos. E esse quarto, onde “vivem” várias caixas pretas, tem milhares de quartos vizinhos e assim por diante. As paredes existem apenas para separar um quarto do outro. Não tem fim, não tem barreira. O universo é mais imenso do que temos ideia. Se pensarmos que só existe vida em um planeta nesse lugar imenso, estamos muito enganados. Eu não acredito muito em óvnis ou ETs, mas sei que deve haver vida em qualquer outro lugar, que não seja somente aqui.

Posso comparar o universo com as ruas. Se estivermos andando, dificilmente acharemos uma rua sem saída, onde não tenha mais lugar para ir. Andaremos por diversas ruas, mas nosso caminho nunca terá fim. Isso se não acharmos uma ruela. Mas digamos que na minha “tese” não existe ruelas.

É complexo demais para eu resumi em um texto apenas. É também grande demais. Olhando de cima, nem chego a ser um ponto preto. A minha existência, comparando com tudo isso, é quase nada, ou posso dizer que é mesmo nada. Mas posso estar errada, pois se juntar a existência de todos os seres vivos, vai dá um tudo, ou quase tudo.

O mundo é pequeno demais pra nós dois”. Eu sei a intenção dessa frase, que é metafórica e hiperbólica, pois se o mundo é mundo e é grande desse jeito, imagina o universo?

Eu não sei o que vocês vão entender desse texto, mas é o que eu penso.

18 comentários:

  1. Eu acho que entendi o que voce quis escrever.
    Na minha visão,somos quase nada pro mundo,ou pro universo.Mas temos que ser importantes paras as pessoas que amamos ou que estão perto de nós.

    Belo texto o seu.
    Tenho um novo poema,visita o meu blog por favor?
    RIMAS DO PRETO

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. hsausdahsdua
    nem eu sei se entendi direito o post.
    Mas tenho algo a dizer: a principal coisa que penso quando penso no universo é em como somos pequenos comparado a toda a existência.
    É complicado.

    Sobre o final do conto...
    EU DISSE QUE ERA ELE! SHAUHDSAHDSUAHDSA
    \o/

    ResponderExcluir
  3. O mundo físico é infinito... igualmente ao espiritual ;)

    ResponderExcluir
  4. eu gostei do seu momento filosofico, e entendi o q vc quis dizer, quer dizer, qause tudo :P

    bjus

    ResponderExcluir
  5. Entendi uma parte do que você quis dizer.

    Adorei seu momento de filosofia!

    bjos amoree

    Nina

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre quis fugir para Marte, se você for pra algum lugar parecido me avisa, pra eu poder ir com você!

    bjs princesa.

    ResponderExcluir
  7. hsauhdsahdsau
    é uma música sim, do Paramore :)

    ResponderExcluir
  8. Tem um vídeo que retrata bem o que você disse. O "Hubble Deep Field: A Imagem Mais Importante Ja Tirada" dá uma idéia de como somos insignificantes e mostra como é praticamente impossível que nosso planeta seja o único com vida. Tem no youtube, eu recomendo :D

    ResponderExcluir
  9. Entendo perfeitamente o que vc quis dizer. Tbm penso dessa forma. Pode haver muito mais vidas la fora do que imaginamos existir. E da mesma forma que pensamos só sermos os unicos seres vivos, "os outros" tbm podem pensar assim. Amei o texto, com opnioes que as vezes muitos nao admitem ter.

    Bjao querida x*

    ResponderExcluir
  10. Obrigada por comentar no blog Garota moderninha!

    Adoro sua visita por lá!

    bjos

    http://garotaa-moderninha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Concordo com você. O Universo deve ser mesmo infinito. E fico a imaginar todas as coisas magníficas que ele abriga. Cada buraco negro, estrela, planeta, lua, quasar, nebulosa, galáxia e tudo mais que deve existir. Fico encantada com essa imensidão em que vivemos e que as vezes nem mesmo percebemos. O Universo é realmente um "algo" incrível. Já que você gosta de Universo e essas coisas todas, recomendo que olhe um documentário dividido em 3 partes, do Stephen Hawking. É incrível tudo que ele pensa e todas as ideias dele. Vale a pena olhar.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Na verdade o mundo é pequeno demais para todos, mas isso é em consequencia do acaso. O mundo é grande e cabe quem quizer nascer. Cada existência nesse mundo merece ser destacada, e cabe a nós mesmos fazer com que ela valha a pena ;*

    ResponderExcluir
  13. Entendi o que você quer dizer, porque penso um pouco como você.
    Se pararmos para pensar sobre isso, e ficarmos muito tempo meditando, acho que enlouquecemos. O infinito é tão gigantescamente imenso, que é dificil para nossa mente humana e limitada assimilar.
    E quando paro pra pensar no meu pequeno tamanho (pequeno mesmo, não só em relação ao universo, mas as outras pessoas também :P) me sinto tão minuscula... Mas ao mesmo tempo, não consigo parar de pensar.
    Não sei, mas é tão incrível! *-* rsrs

    Beijos.

    ResponderExcluir

Me incentive um pouco mais.