4 de junho de 2010

Músicas malditas.

Sabe aquelas músicas que você não suporta ouvir, mas que você sabe a letra do começo ao fim? Pois é, essas músicas são chamadas de malditas. Malditas mesmo. Você se pega cantando do nada ou até acompanhando a música quando alguém está por perto ouvindo e só depois se toca: Puta merda! Eu estou cantando esta maldita música! É incrível mesmo, mas você sabe a letra toda e até os “ai ai ai, ou ou ou, ah ah ah...” dentre outros sonzinhos que o cantor canta (Se o cantor é cantor é por que ele canta, não é mesmo?).

A maioria dessas músicas que você se pega cantando é geralmente um forró, um brega, um funk, um pagode e até um sertanejo. Rebolation! Quem é que nunca cantou o Rebolation? Até porque não tem letras, não é mesmo? Mas mesmo assim você canta e até sabe dançar um pouquinho ou tenta (quando ninguém está vendo, xiu). Essa maldita música toca em todo o lugar que você vai e até te persegue pelo ônibus. É, as pessoas hoje em dia não têm noção mesmo. E não é somente essa que te persegue pelo ônibus não. Como eu citei antes, é forró, BREGA (principalmente), funk de vez em quando e um pouco de sertanejo.

Mas o que torna a música maldita são os seus ouvintes. Parece que eles não têm outra música para ouvir e só toca aquela. Eu falo isso basicamente dos vizinhos, que são os piores ouvintes da face da terra. Eles fazem questão de colocar o mesmo CD ou até fita (que pobreza) para tocar o dia todo, a semana toda. No final do dia, você já está cheio de ouvir aquela música, mas aí vem a MALDITA música e não deixa você dormir. A maldita música te deu um grande presente: a insônia.

Quantos e mais quantos dias eu já passei minha noite tentando dormir, mas não conseguindo por causa da maldita música? O engraçado é que elas aparecem de repente e até quando você está conversando algo sério ou fazendo outras coisas que exijam concentração. Mas lá vem ela, tirar toda a sua atenção da coisa. A maldita sabe a hora certa de chegar. Para que, para que, para que? Para atrapalhar! Pois é, ela adivinha a hora certa, ou a errada, não é mesmo? Aí ela começa a “cantar” no seu pensamento e você tenta de todas as maneiras para que ela pare. Tenta até atropelá-la com outra música, mas não tem jeito. Ela é forte, ela vence quem topar em seu caminho.

Um dia eu estava na casa do boyfriend e ele disse em relação à irmã dele: “Ela só escuta essas três músicas o dia todo”. Detalhe, era Luan Santana, a moda do momento. Mas eu achei que era exagero. Não era! As três músicas tocaram o dia todo e eu não agüentei. Pois é, quando eu cheguei em casa e fui dormir... PAM! “Te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração, você é raio de saudade, meteoro da paixão...” e blábláblá! Tá vendo? Eu já sei até a letra. Na verdade, não sei toda, mas o principal, que é o refrão. Você sabe cantar essas malditas músicas porque a sua mente se acostuma a ouvi-las e grava na sua memória. Elas ficam guardadinhas, lá na sua melhor parte do cérebro, aquela que guarda tudo para não esquecer. Mas as músicas que você gosta e tenta decorar não ficam nesse local. Esse local é reservado para elas, as músicas malditas! ÊÊÊ! (Não, isso não é felicidade).

Não há nada a fazer, senão aturar as músicas malditas. Você vai ficar com elas na cabeça até que ela enjoe de você e te dê um tempo. Eu disse: te dê um tempo. Elas não vão embora para sempre. Nananinanão! Você sabe que ela irá voltar mais cedo ou mais tarde e te pegar de surpresa. TANDAN!

2 comentários:

  1. “ou até fita (que pobreza)” AIUEHIOAUHEIOAUE vélio, que merda :~
    A maior merda é o que tu disse no final, a gente não decora aquelas que desejamos decorar –'
    E outra coisa... ontem no bar, estávamos cantando uma música MUITO velha, da qual eu NÃO GOSTO e mesmo assim, eu sabia a letra. OMG! Haiuehaiouehiaue
    Gostei do texto. Entrei hoje aqui algumas vezes pra ver se já tinha postado :p

    ResponderExcluir
  2. oooi, obg por passar lá no meeu bloog ;
    _ desculpa a demora para responder ):
    não nunca tentei fazer contos, mas fanfics eu ja tentei ; KMASKMAKSM
    bom final de semana, beeijo *-*

    ResponderExcluir

Me incentive um pouco mais.